sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Monumento à "sapatada"

Uma escultura de bronze no formato de um sapato gigante foi construída em Tikrit, cidade de Saddam Hussein, a 180 quilômetros de Bagdá, para homenagear o jornalista iraquiano Muntazer al-Zaidi que atirou os sapatos contra o ex-presidente dos Estados Unidos George W. Bush, e o chamou de "cachorro" durante um coletiva no encerramento da vista do ex-presidente ao Iraque no ano passado. A escultura tem três metros de altura e foi criada pelo artista iraquiano Laith al-Ameri.

O sapato de bronze, dentro do qual uma árvore foi plantada, está no jardim de uma fundação que cuida de crianças órfãs, cujos pais morreram vítimas da violência no Iraque. O fundador da organização, Shaha al-Juburi, garantiu que a obra não tinha qualquer apoio ou ligação com partidos ou movimentos políticos. Fatin Abdul Qader, diretora do orfanato, disse que o monumento foi entitulado de "estátua de glória e generosidade". "Essa estátua é uma pequena expressão de nosso apreço por Muntazer al-Zaidi, porque os corações iraquianos foram confortados pela sua atitude", disse ela. 

Na base da escultura, foi colocada uma inscrição em homanagem ao jornalista autor da sapatada. "Muntazer: jejum até que a espada rompa sua rapidez com sangue; silêncio até nossas bocas falarem a verdade".
 
Al-Zaidi está preso desde o dia em que atirou os sapatos em Bush. O então presidente americano, no entanto, conseguiu desviar e não foi atingido. Assista ao vídeo abaixo:


quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

O Rei Artur existiu?

Para responder a esta pergunta e encontrar o verdadeiro Artur teremos que voltar mais longe no tempo. Não adianta procurá-lo nos séculos 10 e 11, onde ele foi eternizado como um nobre cristão senhor de feudos. Esse Artur nunca existiu. A história do rei Arthur foi contada centenas de vezes e tem várias personagens.Talvez Arthur nem tenha sido um rei, mas sim um guerreiro que lutou contra os invasores saxões da antiga Bretanha, no século V ou VI e que, talvez o nome dele nem tenha sido Arthur.

Rei, guerreiro, conde ou "Dux Bellorum", O Duque (Chefe) das Batalhas, não se sabe ao certo. Só se sabe que houve um Ambrosius Aurelianos. O passar do tempo fez a cultura celta ser registrada por escrito e Ambrosius tornar-se Artor, Arthus ou Artorius, filho de Uther, o último Pendragon da Bretanha que após um tempo de trevas ( The Dark Ages) conseguiu reunir todos os chefes de clã celtas e não celtas contra os invasores Saxões. Infelizmente o fim da história todos sabemos. O que restou dos Celtas Bretões fugiu para o que hoje é a Bretanha, na França atual. Os que permaneceram no que é hoje a Inglaterra, foram dizimados, restando muito poucos sobreviventes.

Até hoje não se sabe se realmente o Rei Arthur existiu, assim com a Tavola Redonda, a espada Excalibur e nem onde ficava Camelot. Uns apontam a Cornualha, outros Somerset, outros ainda Monmouthshire. Os historiadores, depois de terem feito uma critica feroz aos mitos arturianos, chegando mesmo a negar completamente a sua existência, limitam-se a uma prudente reserva. O que nos fica então para além de uma bela história? Não podemos afirmar com toda a certeza que Artur existiu, pois não existem relatos contemporâneos. O rei Arthur e seus cavaleiros serão sempre frutos de fantasia e devem ser apreciados por aquilo que são: um grande e único marco da antiga literatura europeia.

"...Estas são as histórias dos dias que antecederam a descida das grandes trevas. Estas são as histórias das terras perdidas, do país que outrora foi nosso, mas ao qual os nossos inimigos chamam agora Inglaterra. Estas são as histórias de Artur, o Senhor da Guerra, o Rei que nunca existiu, o Inimigo de Deus e, que o Cristo Vivo me perdoe, o melhor homem que jamais conheci..."
De "O inimigo de Deus" de Bernard Cornwell.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2009

Jardim zen

É o tipo de coisa que você tem experimentar por si mesmo, pois é difícil descrever a sensação: passar algumas horas no tablado do templo Ryonji (dragão em paz), em Kyoto, no Japão, contemplando o jardim de pedras. Já até imagino o comentário de alguns: pôxa, mas não tinha nada melhor pra fazer?

O jardim do templo Ryonji é patrimônio mundial declarado pela Unesco e desafia a imaginação de milhares de visitantes todo ano com sua composição abstrata com um total de quinze pedras de diferentes formas e tamanho que estão organizados em um leito de cascalho branco que é remexido todos os dias. Nada de flores, sem fontes e sem árvores. O vazio chama mais a atenção do que o conteúdo.


O templo foi construído por volta de 1450 e parece ter sido reservado para a meditação budista. A construção aconteceu durante um período de revolução nas artes visuais no Japão, na era Muromachi (1333-1573). Ninguém conhece o artista responsável pelo jardim, nem qualquer explicação foi deixada a respeito da disposição das rochas. As pedras de diferentes tamanhos estão dividas em 5 grupos dispersos e, não importa o ângulo do observador, só é possível a visualização de 14 das 15 rochas. Diz a lenda que você só conseguirá observar todas as 15 ao mesmo tempo quando atingir o nirvana, a iluminação espiritual decorrente da meditação zen…

Mas o que intriga os visitantes é a serenidade proporcionada pelo local. Parece que o jardim quer transmitir algo através da aparente distribuição aleatória das rochas no espaço. Em 2002, pesquisadores publicaram na renomada revista científica “Nature” uma possível explicação para o mistério do jardim de Ryonji. O segredo: uma mensagem subliminar escondida na disposição das rochas (Tonder, Lyons e Ejima, 2002).

E, em apoio à idéia de que a disposição original não foi acidental, o artigo sugere que a sensação de bem estar causada pela contemplação do jardim foi projetada com base na física do olho e no inconsciente humano.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Celular de Obama

Como vc já deve ter ouvido falar, ele é fanático pelo BlackBerry. O que pouca gente sabe é que, para ligações e e-mails confidenciais, Obama vai usar outro aparelho: o Sectera Edge, fabricado pela empresa americana General Dynamics (fornecedora de equipamentos militares). O aparelho, que não está disponível para o público em geral, custa US$ 3300 - o equivalente a 15 iPhones - e acessa as redes secretas do governo dos EUA. Ele é à prova de grampo: basta dar um clique para que todos os dados que entram e saem do aparelho sejam codificados. Legal, né? Mas o aparelho é muito feio, roda o obsoleto Windows Mobile, só tem 2 GB de memória e pesa absurdos 340 gramas. Veja aí no vídeo...


E por falar em Obama, ele telefonou nesta segunda-feira (26) para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e expressou ser desejo de trabalhar em conjunto com o Brasil. Lula disse ao novo presidente norte-americano que tem especial interesse em que os dois países enfatizem sua parceria pela paz mundial, no fortalecimento do G-20, na ajuda aos países africanos e, em especial, discutam temas relacionados às mudanças climáticas e aos biocombustíveis. 
O Presidente dos EUA quer vir ao Brasil ainda neste ano, e Lula deve fazer visita a Obama em março. 

A conversa entre os dois teve momentos de descontração. Quando Lula comentou com Obama que tinha visto sua cerimônia de posse e notado que parte do público era formado por negros e pobres e que entendia como era isso porque o Brasil é a segunda maior nação negra do mundo, atrás apenas da Nigéria, o norte-americano brincou: “Eu sei, se eu fosse ao Brasil todos pensariam que eu sou brasileiro, até que começasse a tentar falar português”, contou um dos assessores que ouviu o telefonema. No final do telefonema, Obama pediu a Lula que o chamasse pelo primeiro nome. O presidente brasileiro aceitou e pediu que o norte-americano também o chamasse apenas de Lula.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Premio Dardos

Obrigada pelo Premio Dardos recebido do  blog O Baton e etc. Saiba como funciona e venha buscar o seu.


O significado do premio:
“Com o Premio Dardos se reconhecem os valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web".

As regras para receber o premio são:
1) Exibir a imagem do selo;
2) Linkar o blog pelo qual você recebeu a indicação;
3) Escolher 12 outros blogs a quem entregar o Premio Dardos;
4) E avisar a todos, claro!

Achados Imperdíveis indica para o premio os seguintes blogs (12):

domingo, 25 de janeiro de 2009

Anorexia perigosa

Como uma mulher de 23 anos, através de uma dieta extrema, conseguiu ter uma aparência de criança de 12 anos. 

Essa inglesa de 23 anos não quer crescer. Ela revelou ao Daily Mail que após ter sofrido bullying (brincadeiras ofensivas ou violentas), aos 12 anos, ela decidiu ter uma aparência mais frágil para fazer com que as pessoas tratassem-na melhor.
 
Mais de 10 anos depois, com menos de 38 quilos e pouco mais de um metro e meio, Vikki Hensley, graduada em Ciências, ainda tem medo de ser mulher, nunca teve namorado, nem mestruou. Apesar de todos os avisos médicos, ela consome apenas 1000 calorias por dia, provenientes de vegetais, atum e um pouco de chocolate. Vikki quer entrar na Universidade, por isso mantém uma alimentação mínina para que possa estudar.
 
Esse tipo de anoréxico está se tornando muito comum e muito perigoso, conhecidos na Grã-Bretanha como high functioning anorexics (algo como anorexicos de alta funcionalidade), são pessoas que ficam muito magras, mas são capazes de realizar suas atividades diárias. Apesar de manterem uma vida aparentemente normal,  é comum que esses anoréxicos sofram mais de males relacionados a velhice como a osteoporose, e complicações variadas,  por viverem permanentemente debilitados. Com o corpo funcionando no limite extremo,  apenas para sobreviver, acabam sendo alvo fácil de doenças e/ou infecções e consequentemente, na maioria das vezes, vítimas fatais dessas mesmas doenças que são consideradas comuns e de cura fácil para a maioria das pessoas. 

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

YouTube vs direitos autorais

YouTube retira áudio de vídeos que violam direitos autorais.

Há algum tempo, o YouTube vem identificando músicas no site e notificando os usuários caso eles estejam infringindo direitos alheios. Agora, a companhia resolveu pegar mais pesado. O site está testando uma nova tática para combater essas violações: as imagens ficam, o áudio sai. O clipe vem acompanhado da seguinte mensagem: “Esse vídeo contém uma faixa de áudio não autorizada pelos donos de seus direitos autorais. O áudio foi desativado.”

Como resultado, seu catálogo de conteúdo agora tem uma série de vídeos mudos como esse abaixo do cantor Seal:


O impacto dessa medida pode ser devastador. Retirar clipes oficiais é uma medida legítima, mas de alcance limitado já que a maior parte do catálogo é de vídeos amadores. E é justamente essa produção amadora que mais vai sofrer, porque muitos usuários usam músicas e fazem remixes para servir como trilha sonora de vídeos com imagens feitas por eles.

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Foto marca campanha de Obama

Obama e Che
Descoberto fotógrafo que fez a foto mais marcante de Obama.

Jim Young, da Reuters, fez o retrato que serviu de base para a ilustração que se tornou onipresente nos Estados Unidos durante a campanha presidencial. Ele pode ficar tão célebre quanto o autor da foto de Che Guevara.

O retrato de Barack Obama serviu de base para a ilustração de Shepard Fairey. A arte, que tomou as ruas das cidades americanas durante a campanha presidencial americana, em 2008, ficará marcada como um dos principais ícones do primeiro presidente negro dos Estados Unidos.  

Young, que, em suas palavras, já tirou "milhares" de fotos de Obama, afirmou que nem havia se dado conta de que a imagem era de sua autoria. O retrato foi tirado em 2007 durante uma sessão no Senado.

Por sua foto, Jim Young pode ser alçado a um ícone da fotografia, como o cubano Alberto Korda, autor do retrato de Che Guevara que virou estampa de camisetas e de todos os objetos ligados ou não ao comunismo e à Revolução Cubana.

Foto de Obama (Reuters): Jim Young, da Reuters, foi autor do retrato que serviu de base para a arte que virou ícone da campanha de Barack Obama à presidência americana.
Foto de Che (Reuters): O cubano Alberto Korda tornou-se célebre por seu retrato do líder revolucionário cubano Che Guevara. Young pode integrar, agora, a mesma categoria de fotógrafos. 

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Quem é Deus? (Who is God?)




A individualidade é a marca de todo artista, designer ou arquiteto. Cada um tem uma especificidade, deixando uma "marca" pessoal em cada uma de suas criações. Essa seria a diferença que os separa de todos os outros, sua "marca registrada". Os homens têm também essa individualidade que são sua impressões digitais. Existem 6.5 bilhões de pessoas sobre a face da Terra e nenhuma impressão digital é igual à outra. Cada coisa que tocamos e/ou temos contato, é marcada com pequenas imagens impressas que revelam para qualquer outra pessoa quem esteve ali.

Por volta de 1200 AC um italiano chamado Leonardo de Pisa, também chamado de Fibonacci, descobriu uma seqüência de números que possui um padrão muito interessante. Essa seqüência começa com os números 0,1,1,2,3,5,8,13,21,34 e segue continuamente e infinitamente. Cada número é obtido pela soma do último com o penúltimo. Acompanhe: 
F(1) = 0
F(2) = 1
F(3) = F(2) + F(1) = 1 + 0 = 1
F(4) = F(3) + F(2) = 1 + 1 = 2
F(5) = F(4) + F(3) = 2 + 1 = 3
F(6) = F(5) + F(4) = 3 + 2 = 5
F(7) = F(6) + F(5) = 5 + 3 = 8
...
Os primeiros 25 números da série são 0, 1, 1, 2, 3, 5, 8, 13, 21, 34, 55, 89, 144, 233, 377, 610, 987, 1597, 2584, 4181, 6765, 10946, 17711, 28657, 46368. 

                                           
fibonacci
Um retângulo com quaisquer dos números dessa seqüência interligados forma aquilo que é conhecido como Retângulo de Ouro, um retângulo perfeito. Um Retângulo de Ouro pode ser dividido em quadrados que têm uma razão entre si igual ao da seqüência Fibonacci em cima e embaixo, repetidos indefinidamente. Se unirmos os quartos de circunferência de todos os quadrados vamos obter uma espiral, chamada Espiral de Fibonacci que em si mesma é 
insignificante. O que realmente importa é saber onde é que nós a encontramos.

Se pegarmos, por exemplo, o girassol, a formação de seu miolo forma uma perfeita espiral de 55, 34 e 21 da seqüência Fibonacci. O abacaxi também mantém a mesma forma baseada na espiral da seqüência. E assim por diante, a fruta-de-conde, frutos das coníferas (a pinha que usamos como ornamento no Natal). As correntes que se movem no oceano, assim como as pequenas ondas que se curvam na arrebentão das praias, podem ser determinadas nos pontos do diagrama matemático: 1,1,2,3,5,8,13,21,34 e 55. Ramos de árvores, o número de escamas de peixes, corais, estrelas-do-mar, pétalas de flores, assim como as conchas, caracóis e especialmente  o molusco náutico. Todos são formados exatamente por esse mesmo plano de cálculo. O molusco náutico, durante seu desenvolvimento, acrescenta a si mesmo mais um valor da escala Fibonacci. 

Esse plano pode ser visto ao nosso redor em escalas menores cada dia, envolvendo tamanho de plantas, distâncias saltadas por gafanhotos, medidas de traços fisionômicos etc. e, por incrível que pareça, pode ser observado tanto na natureza como também na música. Mas o maior exemplo de todos está exatamente acima de nossas cabeças. Atravessando uma média de 100 mil anos-luz, até mesmo nas espirais das galáxias acima de nós, vemos o mesmo design com que as pequenas conchas são formadas. Essa seqüência ou plano parece ser a marca registrada de um Designer, a prova de um Criador, alguma marca deixada para trás mostrando quem esteve ali, uma digital. E ao escanear cada vez mais o universo, desde a menor flor até todas as galáxias, podemos ver a digital de Deus. Somos então obrigados a perguntar: QUEM É DEUS?

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Yoga para os olhos

Os óculos do Dr. Willian Bates e Meir Schneider têm como objetivo, ensinar o cérebro a reprogramar as funções visuais, condicionando-o a manter a musculatura ocular relaxada e assim permitir aos olhos voltarem ao seu formato normal, através da melhora do fluxo de avaliação do comportamento, quando os olhos serão constantemente encorajados e o comportamento bom recompensado. Mundialmente as pessoas sabem pouco ou nada sobre os Óculos de PinHole® (óculos de pequenos furos), isto apesar do efeito Pin Hole ser conhecido pela ciência desde a antiguidade e nesta mesma época, ser utilizado para correção da visão pelos chineses. Contemporaneamente este efeito é utilizado na astronomia, na fotografia e até pela medicina oftálmica, sendo que a sua utilização na forma de óculos remonta ao início do século passado, por volta de 1930.

Os óculos Yoga para os olhos não têm lentes corretivas, apenas lentes perfuradas. Os raios movimentam-se com grande velocidade no interior do olho, através da córnea e do líquido do cristalino e do corpo vítrio até atingir a retina. Esta é revestida de receptores sensíveis à luz, os quais transformam os raios luminosos em impulsos elétricos. Os raios luminosos, ao incidirem nos olhos, são refratados e agrupados em um feixe para atingir o centro da retina. Porque está área é a parte mais sensível da retina e a que permite visão melhor e mais nítida.            

Reduzindo a entrada dos raios luminosos, estes óculos permitem uma focalização maior exatamente no centro da retina, a área que ‘enxerga’ melhor. Ou como numa máquina fotográfica: quanto menor o diafragma maior a nitidez da imagem recebida.

A diferença entre as lentes de grau (ou compensatórias) que permitem enxergar clara e imediatamente os objetos, mas não tem efeito terapêutico pois são como muletas só funcionam tratando o efeito, não resolvendo as causas e como as drogas, incentivam a progressão do problema, pois viciam, os Óculos de PinHole tem como objetivo, ensinar o cérebro a reprogramar as funções visuais, condicionando-o a manter a musculatura ocular relaxada e assim permitir aos olhos voltarem ao seu formato normal, através da melhora do fluxo de avaliação do comportamento, quando os olhos serão constantemente encorajados e o comportamento bom recompensado.

São excelentes para leitura, para assistir televisão, para computador, e também para sol. Com seu uso continuado melhora os músculos oculares, a circulação sanguínea e a mobilidade dos olhos.

domingo, 18 de janeiro de 2009

Paulo Coelho nos cinemas

Sarah Michelle Gellar, a eterna caçadora de vampiros de "Buffy", está envolvida em mais um projeto que promete agradar aos fãs, principalmente os brasileiros. A atriz é a protagonista da adaptação para os cinemas do livro de Paulo Coelho "Veronika Decide Morrer", ( Veronika Decides To Die ) que deve estrear por aqui no dia 1 de maio. 

Veronika é uma mulher que parece ter tudo: boa aparência, bom trabalho e uma ótima vida pela frente. Ainda assim, ela decide cometer suicídio. Só que seus planos não dão certo e ela acorda em um hospital psiquiátrico onde descobre que só lhe restam alguns dias de vida. Ela, então, embarca em uma jornada em que se sente livre para experimentar relacionamentos e emoções e descobre, por fim, o que significa viver. 

Para conferir a atuação da moça no papel título do best-seller do escritor brasileiro é só clicar abaixo:

domingo, 11 de janeiro de 2009

Circo sem graça

Motivados por denúncias de maus tratos, ambientalistas querem aprovar um projeto de lei que proíba o uso de animais em espetáculos. A questão é tão polêmica que alguns circos que aderiram por contra própria à restrição sofrem ameaças de outros membros da classe.

No picadeiro, leões e tigres pulam com destreza uma argola em chamas. Um chimpanzé anda na bicicleta, e um elefante equilibra-se com agilidade sobre o banquinho. As crianças riem e os pais ficam satisfeitos com o espetáculo. O que essas pessoas não sabem, contudo, é que o tigre e o leão tiveram suas garras e presas arrancadas, para se tornar menos perigosos, passam fome e contraíram aids felina depois de ser alimentados com carne de gatos de rua. Que o macaco foi totalmente castrado, teve os dentes arrancados e os olhos cegados para se submeter ao treinador. E que o elefante, para aprender a equilibrar-se no banco, foi espancado, agredido com uma lança e passou dias amarrado pelas patas, sem poder se mexer. As cenas descritas são comuns em muitos circos do Brasil e do mundo e despertam a preocupação de ambientalistas, que mobilizaram a população e o poder público para aprovar uma lei federal que proíba o uso de bichos nos espetáculos. Os donos de circo temem que a nova legislação prejudique seu trabalho e afirmam que os circos tradicionais preocupam-se com o bem-estar e a saúde de seus animais. Mas todos nós sabemos que nenhum animal pode ser feliz longe do seu habitat natural, sofrem muito nas viagens, não têm um espaço adequado, etc... logo é uma tremenda hipocrisia afirmar isso. Na verdade, o que está em jogo é o dinheiro, a ganância, pois um circo sem animais é obrigado a investir muito mais na estrutura do espetáculo, contratando novos funcionários e artistas. É muito mais fácil ter quem trabalhe de graça, quem não gosta?

As pessoas que gostam de freqüentar circos muitas vezes não sabem o que acontece por trás do picadeiro:
1) Quando o circo se instala em um local, os animais passam a viver em gaiolas apertadas que muitas vezes não respeitam suas necessidades físicas;

2) Muitos animais não são alimentados adequadamente;

3) Existem casos de leões que pegaram AIDS felina, pois eram alimentados com gatos de rua;

4) Já os felinos como tigres e onças são animais noturnos que gostam de privacidade, mas ficam expostos aos olhares curiosos;

5) As cadeias alimentares dos animais também são ignoradas, e predadores e presas vivem em gaiolas próximas, numa situação de stress permanente;

6) Para tornar os animais menos perigosos, muitos circos arrancam suas presas e garras, efetuam a castração e em casos extremos cegam os animais;

7) Elefantes precisariam caminhar diversos quilômetros por dia, mas ficam acorrentados pelas patas, sem poder dar um passo;

8) Existem relatos de maus tratos e torturas por parte dos adestradores, que ensinam os animais por meio de castigos e não recompensas.

O ser humano é a pior espécie sobre o planeta. É a única que não preserva seu prórpio habitat e sua própria raça, criando ainda mecanismos para se eleger como o  mais importante de toda a Criação. Incapaz de ser o guardião de sua própria casa, o egoísmo, ganância, falta de espiritualidade,  impede-lhe de entender as maravilhas da natureza à sua volta e a grandiosidade do universo...

Foto: Elefante chorando (Emagazine)
"Nos elefantes, a estrutura cerebral responsável pelas emoções é enorme e complexa."  ( Marc Bekoff )

sábado, 10 de janeiro de 2009

Reflexões (1)

SIGA SEU CORAÇÃO

Quem ousa ter um projeto em sua vida, quem ousa largar tudo para viver sua lenda pessoal, acabará conseguindo. O importante é manter o fogo no coração e ter fibra para ultrapassar os momentos difíceis.
Lembrem-se: o desejo que está em nossa alma não veio do nada; alguém o colocou ali. E este alguém, que é puro amor e só quer nossa felicidade, só fez isso porque nos deu - junto com o desejo - as ferramentas para realizá-lo.

Durante uma tempestade, o peregrino chega numa hospedaria, e o dono lhe pergunta onde está indo:
"- Vou até as montanhas - responde.
- Desista - diz o dono. - É uma subida arriscada, e o tempo está ruim.
- Irei, sim - responde o peregrino. - Se meu coração chegou lá primeiro, será fácil segui-lo com meu corpo."

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Adote um Marley virtual

No FooPet você encontra o Marley virtual assim como outros Labradores e raças de cães, gatos para adotar e se divertir. Todos são muitos reais e se comportam como animais de verdade, ficam com fome, sede, brincam com seus brinquedos, latem, pedem a sua atenção e tudo o mais que todo cãozinho ou gatinho realmente faz. São companheiros, exigem trato e atenção dos donos de todas as idades. Como animais de estimação de verdade, sua saúde e bem estar dependem de como são tratados e alimentados pelos donos. 

É uma experiência bem real porque se o Marley não for alimentado regularmente e tratado com carinho, poderá ficar triste, doente e até piorar. Para ajudar você a proporcionar todo o cuidado ao seu Marley virtual e para que ele se sinta saudável e feliz, você poderá visitar o forum do site e trocar idéias e dicas com outros donos, além de brincar com ele num lugar seguro no site do FooPet. Se o seu Marley virtual for tratado como deve, poderá viver tanto como um pet de verdade! 

Você poderá também compartilhar o seu Marley no Facebook, MySpace e até no iPhone e brevemente em muitos outros lugares. Divirta-se!

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

Lei de Schumann

Não apenas as pessoas mais idosas mas também jovens fazem a experiência de que tudo está se acelerando excessivamente. Ontem foi Carnaval, dentro de pouco será Páscoa, mais um pouco, Natal. Esse sentimento é ilusório ou tem base real?
 
Pela ressonância Schumann se procura dar uma explicação. O físico alemão W.O. Schumann constatou em 1952 que a Terra é cercada por um campo eletromagnético poderoso que se forma entre o solo e a parte inferior da ionosfera, cerca de 100km acima de nós. Esse campo possui uma ressonância (dai chamar-se ressonância Schumann), mais ou menos constante, da ordem de 7,83 pulsações por segundo.
 
Funciona como uma espécie de marca-passo, responsável pelo equilíbrio da biosfera, condição comum de todas as formas de vida. Verificou-se também que todos os vertebrados e o nosso cérebro são dotados da mesma frequência de 7,83 hertz.
 
Na verdade, foi  constatado de que não podemos ser saudáveis fora dessa frequência biológica natural. Sempre que os astronautas, em razão das viagens espaciais, ficavam fora da ressonância Schumann, adoeciam. Mas submetidos à ação de um simulador Schumann recuperavam o equilíbrio e a saúde. Por milhares de anos as batidas do coração da Terra tinham essa freqüência de pulsações e a vida se desenrolava em relativo equilíbrio ecológico. Ocorre que a partir dos anos 80, e de forma mais acentuada a partir dos anos 90, a freqüência passou de 7,83para 11 e para 13 hertz.
 
O coração da Terra disparou. Coincidentemente, desequilíbrios ecológicos se fizeram sentir: perturbações climáticas, maior atividade dos vulcões, crescimento de tensões e conflitos no mundo e aumento geral de comportamentos desviantes nas pessoas, entre outros. Devido à aceleração geral, a jornada de 24 horas, na verdade, é somente de 16 horas. Portanto, a percepção de que tudo está passando rápido demais não é ilusória,mas teria base real nesse transtorno da ressonância Schumann.
 
Esse superorganismo vivo que é a Mãe Terra, deverá estar buscando formas de retornar a seu equilíbrio natural. E vai consegui-lo, mas não sabemos a que preço a ser pago pelos seres humanos. Aqui abre-se o espaço para grupos esotéricos e outros futuristas projetarem cenários, ora dramáticos, com catástrofes terríveis, ora de esperanças, como a passagem para a quarta dimensão, na qual todos seremos mais intuitivos, mais espirituais e mais sintonizados com o biorritmo da Terra.
 
Não pretendo reforçar esse tipo de leitura. Apenas enfatizo a tese recorrente entre grandes cosmólogos e biólogos de que a Terra é, efetivamente, um superorganismo vivo, de que Terra e humanidade formamos uma única entidade, como os astronautas testemunham de suas naves espaciais. Nós, seres humanos, somos Terra que sente, pensa, ama e venera. Porque somos isso, possuímos a mesma natureza bioelétrica e estamos envoltos pelas mesmas ondas ressonantes Schumann.
 
Se queremos que a Terra reencontre seu equilíbrio, devemos começar por nós mesmos: fazer tudo sem estresse, com mais serenidade, com mais harmonia, com mais amor,  que é uma energia essencialmente harmonizadora. Para isso importa termos coragem de ser anticultura dominante, que nos obriga a ser cada vez mais competitivos e efetivos. Precisamos respirar juntos com a Terra, para conspirar com ela pela paz.

Se a tua frequência não for a do planeta o desiquilibrio e a doença instalam-se…  se não estivermos “sintonizados” com o planeta o desequilibrio dele e nosso será a destruição de ambos… 

- Leonardo Boff -

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Seja como a água

"Esvazie sua mente de modelos, de formas, igual à água. Se você colocar a água num copo,ela se torna o copo. Se você colocar a água numa garrafa, ela se torna a garrafa. Se você colocá-la numa chaleira, ela se torna a chaleira. A água pode fluir ou a água pode golpear. SEJA ÁGUA, MEU AMIGO."
(Bruce Lee)

Novas regras ortográficas (1)

Dia 29/9/2008  foi assinado o Acordo Ortográfico dos sete países de Língua Portuguesa. As novas regras ortográficas começaram a valer em 1º de janeiro, e devem estar nos livros didáticos até dezembro de 2012. Aqui vão algumas dicas importantes.

PRINCIPAIS MUDANÇAS

Alfabeto
Inclusão das consoantes , K, Y, e W no alfabeto, que agora passa a ter o total de 26 letras.

Acentos
Não se usa mais o acento dos ditongos abertos éi e ói das palavras paroxítonas (apoio, boia, centopeia, Coreia, ideia, jiboia, joia, plateia, paranoia). Não se usa mais o acento no i e u tônicos quando vierem após um ditongo em palavras paroxítonas (feiura, enxague, boiuna, averigue). Não se usa mais o acento que diferencia as palavras pára/para, pêlo/pelo, pólo/polo. Mas o acento permanece em pôde/pode, pôr/por, têm/tem, vêm/vem. Não se usa mais o acento das palavras terminadas em êem e ôo (voo, zoo, enjoo, leem, creem, veem, abençoo, perdoo).
Num próximo post colocarei mais detalhes sobre os acentos, pois são muitos detalhes.

Hífen
Não se usa mais o hífen na palavra sub-humano (que vira subumano). Palavras compostas que não têm mais hífen: paralama, mandachuva, paraquedas, parachoque. Não se usa mais hífen em palavras terminadas por vogal com segunda palavra iniciada também por vogal: autoescola, extraoficial, infraestrutura, contraindicação, semiárido. Usa-se hífen nas palavras em que o segundo elemento começa pela mesma consoante em que termina o primeiro. Exemplos: super-romântico, hiper-requintado. Palavras compostas que tinham hífen e, agora dobram o ‘r’ e o ‘s’, como exceção à regra anterior: antissocial, ultrassonografia, autorretrato, contrassenso. Não tinha hífen e agora tem (palavras formadas por prefixo ou falso prefixo terminado em vogal e segunda palavra iniciada pela mesma vocal): anti-inflamatório, arqui-inimigo, micro-ondas. 

Ortografia
Palavras que ganharam a opção da dupla grafia: aspecto/aspeto, cacto/cato, concepção/conceção, corrupto/corruto, recepção/receção, caracteres/carateres, dicção/dição. 

Trema
Foi abolido (grafias novas: cinquenta, tranquilo, sequestro, linguiça, aguentar, arguir, linguista).

Preferia que esse acordo não tivesse acontecido, pois acho que o português que falamos aqui no Brasil, reflete as características do país, sua cultura, tradições, raça diversificada e mestiça, aspectos regionais, etc, que são diferentes mesmos nos outros países que falam o português. Além disso, o Brasil é imenso e fala por si mesmo. Acho que o português brasileiro é o reflexo direto e vivo da identidade do nosso povo. Mas, como tem que ser assim...