sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Doença ou arte?

Essas imagens são da fotógrafa alemã Ivonne Thein e fazem parte da exibição “32 kilos” do Instituto Goethe de Washington. Elas já geraram várias discussões. Segundo a autora, as fotografias são uma crítica ao padrão de beleza do corpo extremamente magro e não saudável. Em geral, a sensação que esse tipo de imagem causa é de espanto.

Mas as imagens também são vistas com admiração por participantes de comunidades pro-anorexia (pro-ana). Existem inúmeras comunidades e blogs na Internet que reúnem “praticantes” de anorexia e bulimia, a maioria mulheres. Nesses espaços, as pessoas relatam seus problemas, contam suas metas, mostram seu cardápio pobre em calorias com orgulho e até ensinam algumas técnicas para perder peso a qualquer custo. Se você der uma busca rápida pelo Google com a palavra “thinspo” (uma junção das palavras inglesas para magreza e inspiração) vai encontrar muitas fotos parecidas com essas.

Obs: As fotos são de mulheres reais, não são bonecas nem qualquer tipo de escultura.

O que você acha: esse tipo de foto é uma crítica ao nosso padrão de beleza atual ou influencia pessoas a desejarem e arriscarem suas vidas por um corpo magro e irreal?

4 comentários:

Vinia disse...

Parece que sao um tipo de barbie, bonecas de plastico, brinquedo de crianca... nao parecem reais o..O)

The Acolyte Tao disse...

Those can't seriously be real people...? They look like fake plastic skinny dolls...

Casa de Boneca disse...

The Acolyte Tao,
Look at the note (obs) I've added to the post... it's amazing, isn't?

Casa de Boneca disse...

Oi Vinia,
Coloquei uma "obs" porque não é só você que não está acreditando (hehehe). Obrigada pelo comentario e volte sempre :)