domingo, 1 de março de 2009

A arte de John Kacere

John Kacere, pintor americano, nasceu em 1920 em Walker (Iowa). Sétimo filho de imigrantes libaneses, mostrou habilidade artística ainda criança e fez seu primeiro trabalho profissional registrado aos 12 anos.

John Kacere foi um pintor abstrato de 1950 a 1963, mas mudou-se instintivamente para um estilo realista, e é considerado um fotorealista ou hiperrealista, embora ele nunca tenha assumido pertencer a nenhuma dessas escolas. Seu interesse em reproduzir mulheres com roupas íntimas, deve-se à beleza das vestimentas íntimas femininas que sempre o fascinaram pelos detalhes ricos em rendas, bordados e o cetim que para ele, é um desafio conseguir reproduzir com tamanha perfeição.

Desde 1963, ele concentrou-se sobre o tema “Mulher”, focou principalmente os quadris e dizia: ”Mulher é a fonte de toda a vida, a fonte da regeneração. Meu trabalho é dedicado à feminilidade”. Suas obras, longe de serem consideradas "sexistas" ou pornográficas, são consideradas, até mesmo por feministas famosas, uma homenagem à mulher, não só pelo refinamento e delicadeza como também pela riqueza de detalhes, a sutileza das transparências, a textura da pele, a beleza e o equilíbrio. 

A maioria de suas obras é óleo sobre telas imensas. Algumas verdadeiros painéis que o obrigam a usar escadas e meios diversos de alcance. Esse detalhe torna seu trabalho ainda mais impressionante, considerando-se que quanto maior o campo visual a ser dominado pelo pintor, maior também se torna a dificuldade em focalizar os detalhes.
 
Kacere é considerado um pintor hiperrealista ou fotorealista. E o hiperrealismo ou fotorealismo é um tipo de pintura que possui precisão fotográfia e requer aguçada memória visual. A exatidão dos detalhes, da luz, do brilho é quase que a de uma fotografia, criando o paradoxo: "É tão perfeito que parece não ser uma pintura, mas sim uma fotografia."

John Kacere faleceu em 1999, deixando a maioria de suas obras nas mãos de colecionadores. Apenas 40 trabalhos de toda sua obra estão disponíveis em museus pelo mundo.

8 comentários:

Anônimo disse...

Acabei de chegar de viagem, e como prometi, voltei aqui.
E, claro, como era de se esperar, apenas comprovei o que eu já suspeitava: você tem um excelente blog.
Então, seja bem vinda ao meu mundo virtual, pois você acaba de entrar para o rol das minhas visitas.
Um beijo e parabéns pelo blog!
Oscar Luiz

Anônimo disse...

Ah, e esse pintor Kacere é uma fera. Podia jurar que era foto.Oscar Luiz

Cochise disse...

Olá, Helena!

De facto as pinturas são tão realistas e perfeitas que facilmente passariam por fotografias.
Também concordo com a sua(dele) opinião filosófica sobre a mulher. Na realidade, para mim, o corpo da mulher é uma das mais belas obras-primas do Criador!


((((Abraços!))))

David Funk disse...

Nice post. I can see the impact and work the guy had with the designs in the pictures. I hadn't heard of him, so thanks for posting about it.

I gave you another award today on my blog:

Congrats my friend!

Amanda Almeida disse...

Tem um mimo para vc no meu blog.

Alcione Torres disse...

Tem um selo para você no meu blog!
http://sodesafio.blogspot.com/2009/03/demorei-mas-voltei.html
Abs.

Helena disse...

Para Oscar Luiz:
Obrigada pelo comentário gentil =)
Volte sempre que ficarei feliz

[camille paixão] disse...

não eh foto?!noooossa!
o Karece faz um trabalho impecável.

parabéns pelo post, Helena.
bjO e boa semana.
=]