terça-feira, 28 de abril de 2009

A imprensa e a Gripe Suína

Menino de 4 anos parece ser a chave na pesquisa da epidemia de gripe suína.

Estou me sentindo meio dividida em relação à gripe suína. De um lado há quem diga que não é motivo para tanto alarme, amigos meus que moram nos EEUU dizem que o dia a dia não mudou e há muita tranqüilidade entre as pessoas. Na Europa a situação parece a mesma. As pessoas estão tocando suas vidas normalmente, claro que estão atentas e procurando se informar, mas muito longe do pânico.

E é aí que entra o papel fundamental da imprensa, a ética, que é informar imparcialmente, sem omitir nem aumentar os fatos, esclarecendo a população sobre as medidas que devem ser tomadas e cada um fazendo o que for necessário para evitar uma maior contaminação. E toda a nossa tecnologia? Deve servir afinal para desenvolver vacinas e remédios que sejam poderosos e que possam conter o vírus num tempo razoável.

Por outro lado, há matérias também que fazem até comparações com a gripe espanhola onde morreram milhões de pessoas, sem ser considerado que isso aconteceu em outro tempo e geografia. As circunstâncias agora são outras, podem até ser piores, mas são OUTRAS. Se a imprensa não se mantiver profundamente ÉTICA neste momento, isso fará com que pessoas deixem de tomar decisões, cancelem viagens, negócios, atividades de lazer, criando o caos.

Nesse momento tão importante para todos, espero que a imprensa resgate seu verdadeiro papel, já tão esquecido por alguns que sequer se importam com as conseqüências de suas práticas, e abandonem seus vícios gananciosos: VENDER, popularidade, irresponsabilidade, privilégios, disputas. TUDO fica muito pequeno perto do momento que vivenciamos agora. Neste momento, é a imprensa quem vai direcionar a situação pois detém o poder da informação, tem capacidade de transformar nossa vida num caos ou criar uma população atenta que faça o que for necessário para se ajudar e às outras pessoas, mas que não entre em pânico. Com sensacionalismos não se vai chegar a lugar algum. Muita calma e cautela nessa hora!

Uma matéria muito importante e que parece ter sido ignorada pela imprensa em geral, é o caso do menino de 4 anos Edgar Hernández Hernández morador na pequena cidade de La Gloria no estado de Vera Cruz (México) que apesar de ter sido contaminado pela gripe, sobreviveu. Ele parece ser a chave para o entendimento de todo o processo da gripe suína, afinal uma luz no fim do túnel. Confiram no link abaixo.

Foto: Menino de 4 anos Edgar Hernández Hernández morador na pequena cidade de La Gloria no estado de Vera Cruz noMéxico (Alexandre Meneghini/AP).

quarta-feira, 22 de abril de 2009

O mito de São Jorge

Santo Guerreiro ganha cada vez mais devotos em todo mundo.

Mesmo existindo muitas controvérsias sobre o Santo Guereiro reverenciado aqui no Brasil, ele continua com sua crescente popularidade, sendo adorado por milhões de pessoas pelo mundo inteiro. Dizem que o verdadeiro São Jorge teria nascido na antiga Capadócia (Turquia). Ainda criança foi morar na Palestina e, assim que atingiu a idade adulta, ingressou no exército.

Quando ele se opôs ao Imperador Diocleciano, que tinha planos de matar seguidores do Cristianismo, foi submetido a incontáveis torturas, mas suportou todas, sem nunca renegar a sua fé cristã. Sua coragem acabou inspirando a conversão de muitos ao cristianismo. Diante disso, Diocleciano mandou degolá-lo em 23 de abril de 303.

A popularidade de São Jorge está relacionada também ao fato dele não ser cultuado apenas nos templos católicos. Osincretismo religioso existente em nosso país, possibilita que o santo também seja cultuado na Umbanda. No Brasil o orixá Ogum é representado por São Jorge.

Daí nascerem as controvérsias sobre sua origem, já que muitos apontam ser esse São Jorge do Dragão uma outra figura criada pela imaginação do povo, seguindo a crença do verdadeiro São Jorge que na verdade é o Padroeiro da Inglaterra, Portugal, Lituânia e Geórgia.

Mas, o que importa, é que esse santo vive no coração dos brasileiros e para muitos tem realizado milagres e mudado sua vida completamente para melhor. Quem não se lembra de quando pequeno ouvir a mãe falar: "olha para a lua cheia para ver São Jorge", a gente olhava e via. E toda lua cheia ainda dava lá uma outra espiadinha para ver se o santo continuava lá.

Oração de São Jorge
Chagas abertas, sagrado coração todo amor e bondade, o sangue do meu senhor Jesus Cristo no meu corpo se derrame, hoje e sempre. Eu andarei vestido e armado, com as armas de São Jorge, para que meus inimigos, tendo pés não me alcancem, tendo mãos não me peguem, tendo olhos não me encherguem, e nem em pensamento eles possam ter para me fazerem o mal, armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças quebrarão sem meu corpo chegar, cordas e correntes se arrebentarão sem o meu corpo amarrarem.

Jesus Cristo me proteja e me defenda com o poder da sua santa e divina graça, a Virgem Maria de Nazaré me cubra com seu sagrado e divino manto, me protegendo em todas as minhas dores e afliçoes e Deus com a sua divina misericordia e grande poder seja meu defensor contra as maldades e perseguições dos meus inimigos, e o glorioso São Jorge em nome de Deus, em nome de Maria de Nazaré , em nome da Falange do Divino Espirito Santo estenda-me o seu escudo e as suas armas poderosas defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza dos meus inimigos carnais e espirituais , e de todas as suas más influencias, e que debaixo das patas de seu fiel Ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a Vós sem se atreverem a ter um olhar sequer que me possa a prejudicar. Assim seja com o poder de Deus de de Jesus Cristo e da Falange do Divino Espirito Santo, Amém.

Foto 1: A imagem de São Jorge original da Capadócia (Turquia).
Foto 2: A representação de São Jorge como Ogum.
Foto 3: A imagem tradicional de São Jorge aqui no Brasil

segunda-feira, 20 de abril de 2009

A tumba da Rainha Cleópatra

No alto de uma colina com vista para o Mar Mediterrâneo, enterrados a grande profundidade sob a pedra do Templo Taposiris Magna (da Deusa Isis), é possível que estejam os restos mortais de Cleópatra, segundo acreditam os arqueólogos.

A tumba da rainha egípcia nunca foi encontrada, mas arqueólogos estão descobrindo mais evidências de que os sacerdotes de Cleópatra levaram seu corpo ao templo após seu suicídio, onde poderia estar junto com os restos mortais de seu amante Marco Antônio, já que os historiadores acreditam, baseados no escritor romano Plutarco, que Marco Antônio e Cleópatra foram enterrados juntos. E esta poderá ser a descoberta mais importante do Século XXI, segundo arqueólogos egípcios.

Esta semana, os arqueólogos descobriram um cemitério próximo ao templo com algumas múmias, um indicativo do enterro de membros da realeza . Também foram encontradas o rosto de uma estátua em alabastro, que acreditam ser de Cleópatra, moedas de bronze com sua esfinge e uma máscara, provavelmente de Marco Antônio.

Kathleen Martínez, arqueóloga pioneira na teoria de que Cleópatra poderia estar enterrada no templo, acredita que uma das câmaras poderia conter os restos do famoso casal.

As escavações, no entanto, poderão ser adiadas para a próxima primavera (no hemisfério sul) por razões de segurança, já que o templo tem vista para uma casa de veraneio no Mediterrâneo do presidente egípcio, Hosni Mubarak.

foto: o rosto de uma estátua de Cleópatra em alabastro, moedas com seu rosto e uma máscara que pode ser do general Marco Antônio encontradas nas escavações do templo (Reuters).

»
Reuters Brasil

domingo, 5 de abril de 2009

Bebês quase reais

Conheça a arte reborn e os bebês que parecem bebês de verdade.


A técnica reborn, também conhecida como a “arte de renascer”, ajuda artistas a deixar as bonecas o mais semelhante possível com humanos. Para isso existem moldes importados, de vinil siliconado ou silicone, argila e levam cerca de seis camadas de tintas, por dentro e por fora, reproduzindo fielmente a textura da pele, os olhos, os cabelos e até mesmo os cílios de um recém-nascido.

Tudo começou durante a Segunda Guerra Mundial, quando as mães teriam desenvolvido a habilidade de reformar, ou fazer "renascer", as bonecas velhas (ou parcialmente destruídas) para presentear os filhos e amenizar a tristeza diante de tanta destruição. O resultado foram bebês quase reais, surgindo aí os primeiros passos da arte reborn.

Com o fim da Segunda Guerra, as européias desenvolveram novas técnicas para transformar as bonecas, transformando um "hobby" nesta encantadora arte.

Não demorou muito para as ténicas reborn se propagarem aos quatro cantos do mundo, transformando os "Estados Unidos" no principal criador de reborns e formador de rebornistas.

No Brasil, o conhecimento da arte reborn ainda é recente, porém já é bem difundida e vem formando cada vez mais rebornistas em todo país. Dentre as que conheço a que se destacou foi Julia Lollo. Seus bebês são esculpidos um a um com polymer clay, não usando moldes ou formas especiais, arte pura.

A realidade de seus bebês me deixou impressionada, pois tive a oportunidade de ver um pessoalmente que chegou até a me confundir. Como sou uma colecionadora de bonecas, passei então a pesquisar mais sobre o assunto e criei o vídeo acima para que pudesse mostrar uma maior quantidade desses bebês.

O bebê reborn é feito para colecionadores e adultos, podendo eventualmente ser presenteado a crianças, caso sejam cuidadosas, meninas maiores pois são feitos de material delicado, cabelos implantados que devem ser penteados cuidadosamente (assim como bebês), pois sendo implantados fio a fio, podem se desprender aos poucos.

De acordo com Julia Lollo: "Caí do Céu criando bebês que parecem reais com muito carinho, dedicação, capricho e amor. Nossos bebês reborn ou esculpidos recebem textura de pele, enraizamento fio a fio de cabelo, cílios, olhos e tudo o que for necessário para parecerem bebês de verdade. Os bebês esculpidos em polymer clay são verdadeiras jóias, feitos um a um e sem o uso de moldes ou formas."

» Caí do Céu
» Meu canal You Tube

quarta-feira, 1 de abril de 2009

Hotel invisível

Quem nunca desejou ficar invisível, ainda mais em um dia estressante? Agora, é possível ter uma experiência como essa, ao passar uns dias num lugar assim.

O hotel é indicado para viajantes cansados, que querem deixar para trás a vida corrida da cidade grande e o stress. Cada quarto deste novo hotel na Lapônia (região que engloba parte dos territórios da Finlândia, Suécia, Noruega e Rússia) é uma caixa feita de alumínio, envolvida por espelhos.

As paredes espelhadas foram especialmente desenhadas para fazê-las desaparecer em meio à paisagem, refletindo a floresta circundante. Os visitantes têm de escalar até os quartos por meio de uma escada de cordas. Lá no alto, espaço suficiente para duas pessoas dormirem em um cômodo com cama, cozinha, banheiro e sala, tudo integrado.

Britta e Kent Lindvall, proprietários da firma sueca de arquitetura Tham & Videgard Hansson Arkitekter utilizou o truque antigo de colocar vidros espelhados em prédios para para criar um hotelzinho (que possui apenas três quartos) em cima de uma árvore. O objetivo é trazer as pessoas para mais perto da natureza e revolucionar o conceito de hospedagem.

É uma idéia criativa, mas temos que pensar nos pobres passarinhos que se confundirão e que vão acabar batendo nos espelhos, além do difícil acesso que será impossível para os deficientes físicos, idosos, bebês... Se você quiser descansar no meio da mata, nada melhor que uma barraca e montar uma fogueira, agora se quiser conforto, fica em casa!

Essa é boa para refletir num 1º de abril, hummn?