quinta-feira, 7 de maio de 2009

Homem de Flores

Estudo revela uma espécie humana totalmente nova, podendo ser comparada a "Hobbits".

Em estudo publicado pela revista "Nature", cientistas apresentaram novos indícios de que os ossos do chamado "Homem de Flores" encontrados na Indonésia pertencem, de fato, a uma nova espécie humana que teria vivido entre 17.000 e 95.000 anos atrás no nosso planeta. Os pés excessivamente longos foram um dos novos indícios.

Medindo cerca de um metro de altura e pesando em média 30 quilos, esses humanos viveram na ilha indonésia de Flores há cerca de 18 mil anos atrás. Desde a descoberta dos ossos do oficialmente designado Homo floresiensis, em 2003, já em 2004 os pesquisadores tornaram as pesquisas públicas e têm debatido sua verdadeira identidade. O único crânio encontrado abrigaria um cérebro não muito maior que o de um chimpanzé. Chegou-se a especular que se trataria de um pigmeu com deformidades genéticas.

Agora, o exame detalhado de seus membros inferiores, em especial do praticamente completo pé esquerdo, revelou que a espécie andava bem ereta, como outros hominídeos conhecidos. Também tinha cinco dedos, mas o dedão era mais parecido com o de um chimpanzé.
O mais estranho era o tamanho do pé, quase 20 centímetros, totalmente desproporcional às pernas, que lembra a fisiologia de alguns grandes macacos africanos e nunca foi vista em hominídeos. Os pés tão grandes teriam permitido que a espécie caminhasse normalmente, mas impediriam que corressem bem sobre suas pernas.


Foto: Pedaços da mão do Homo floresiensis encontrados na caverna de Liang Bua em New South Wales, Australia (Djuna Ivereigh / Arkenas).

» Nature

2 comentários:

JAIRCLOPES disse...

Gostei muito do teu blog e aproveito para informar que em meu blog: www.jairclopes.blogspot.com você encontrará diversos textos interessantes. Obrigado, JAIR.

Helena disse...

Oi Jair,
Obrigada pela visita e participação. Estou linkando seu blog também. Volte sempre!