quarta-feira, 30 de setembro de 2009

A árvore do Ginkgo Biloba

Conheça o Ginkgo Biloba, uma árvore com uma história fascinante.


O ginkgo Biloba (essse também é seu nome científico) é uma árvore única e surpreendente pois apesar de ser linda e delicada, tem uma força e resistência à toda prova. É considerada um fóssil vivo, pois os registros de sua existência datam de 270 milhões de anos atrás. Era então encontrado no que poderia ser a América do Norte e Europa, mas sobreviveu apenas numa pequena região da China, após a pré-histórica idade do gelo.

Além disso é considerada o símbolo de paz e longevidade pois sobreviveu aos ataques de bomba atômica no Japão. Foi a primeira manifestação de vida ocorrida após a explosão da bomba atômica de Hiroshima. O nome Ginkgo originou-se das palavras japonesas “gin”, que significa “prata” e “kyo”, que significa “damasco”, é uma referência aos frutos comestíveis que surgem no verão. É considerada sagrada pelos budistas.


É também conhecida com outros nomes populares como árvore-avenca, nogueira-do-japão, árvore-dos-templos. Outra curiosidade é que tendo uma pronunciada resistência a bactérias, vírus e radiações, possui muitos princípios ativos únicos e por isso a infusão de suas folhas é largamente usada como erva medicinal com resultados positivos em sintomas ligados à insuficiência vascular cerebral ou periférica, estimulando a circulação sanguínea e auxiliando no tratamento de impotência sexual e doenças vasculares.

Seus frutos têm em torno de 3 cm de diâmetro, e suas sementes 2 cm, sendo empregadas como excelente remédio para tosse e bronquite, melhoram o desempenho físico e intelectual, conduzindo oxigênio a mais para os pulmões, neurônios e as células do sistema nervoso.

O vídeo abaixo é japonês e conta a história do espírito do Gingko. Mesmo não sabendo japonês qualquer pessoa pode entender a essência desta história e perceber sua importância dentro da cultura japonesa. É lindo e ótimo para crianças.


Outro fato também muito interessante sobre o Gingko é que Goethe tinha um Ginkgo em sua casa e escreveu um poema com folhas de Ginkgo / 15, September 1815. O original encontra-se no Goethe Museum, Düsseldorf (Germany).


A tradução em português é de Flávio Demberg, com base em uma versão em inglês, extraída de http://www.xs4all.nl/~kwanten/goethe.htm

Essa folha de uma árvore do Oriente
Brotou em meu jardim
Ela revela certo segredo
Que me atrai e às pessoas contemplativas

Ela representa Uma só criatura
Que a si mesmo se dividiu?
Ou são duas, que decidiram
Que Uma deveriam ser?

Para responder a essa questão,
Descobri a resposta certa:
Nota que em minhas canções e em meus versos
Sou Um e sou Dois?

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Bonecas Amamanta

Bonecas muito interessantes e úteis na educação sexual das crianças.


Algum tempo atrás, encontrei bonecas idênticas a essas numa feira de artesãos aqui no interior de Minas. Logo que olhei, achei a idéia muito útil para explicar às crianças aqui de casa o corpo humano e as diferenças entre as anatomias feminina e masculina de uma forma mais compreensível e divertida. No mínimo, eram completamente diferentes de tudo que havia visto antes.

São feitas à mão por mães do interior que usam essas bonecas como ajuda na educação sexual de seus filhos. Comprei um par representando uma família. A boneca representava uma mulher grávida que podia dar a luz e amamentar e o homem possuía uma genitália completa. Tudo muito simples, divertido e inteligente!


Achei o site Amamanta Dolls navegando sem compromisso e, surpresa! Não é que minhas bonequinhas roceiras ficaram famosas e agora são conhecidas no mundo inteiro? Têm até site? Li que a origem desse tipo de boneca é a Colômbia. Há um monte de fotos detalhadas que são absolutamente idênticas às minhas bonecas.

Então fiquei a pensar que de fato as mães vivem magicamente conectadas e sentem as mesmas necessidades quando o assunto é a educação de seus filhos, e que a origem dessas bonecas possivelmente venha de uma necessidade emocional de lidar com os fatos da vida de uma maneira mais suave, natural e honesta, usando a arte como expressão.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Seres Estranhos

ET do Panamá e outras criaturas.


Essa semana muito se falou de uma criatura estranha que apareceu no Panamá. A maioria das pessoas especulava ser essa criatura um ET devido à sua aparência estranha, pelo menos à primeira vista.

Não nego que fiquei intrigada com a foto publicada na imprensa, mas depois fui procurar mais informações sobre aquela criatura. Afinal, bem no fundo, algo nos diz que não estamos sós nessa imensidão cósmica.

Somos movidos no fundo por uma espécie de "esperança" que venham nos salvar de nós mesmos, de nossas misérias humanas, nossas doenças, enfim como se de uma hora para outra viesse alguém de um outro canto do universo para "limpar a nossa sujeira", pois temos mostrados durante nossa obscura existência, que somos incapazes até de tomar conta de nossa própria casa, a Terra.

Pois bem, agora a mesma imprensa que publicou a foto da criatura estranha, agora nos diz que ela não passa de uma simples preguiça, que por ter seu corpo abandonado perto de um riacho durante muito tempo, já apresentava sinais adiantados de decomposição com aspecto inchado e sem pêlos. Que pena, ainda não foi dessa vez...

No entando existem outros acontecimentos que a maioria das pessoas não conhece e cujo acesso à informação é dificílimo. É o caso do EBE (ENTIDADE BIOLÓGICA EXTRATERRESTRE).

Quem conhece? Para aqueles que já ouviram falar do incidente de Roswell em 1949, EBE é o nome do extraterrestre retirado vivo dos escombros. Esse nome foi proposto pelo dr. Vannener Bush e era a sigla de "EXTRATERRESTRIAL BIOLOGICAL ENTITY".

Ele teria sido mantido vivo e ficado em cativeiro durante alguns anos. Foi-lhe aplicado extensos interrogatórios nos quais EBE demonstrava propensão à mentira ou simplesmente se calava quando não queria responder. No entanto, no segundo ano de cativeiro, começou a colaborar com as informações e suas revelações FORAM SURPREENDENTES, todas compiladas num livro posteriormente chamado de LIVRO AMARELO. No início, só algumas pessoas que integravam o GRUPO GRUDJE 13 tiveram acesso a essas fotografias do EBE, mas depois, muitas outras pessoas também puderam ver essas mesmas fotos.

Aqui no Brasil também há muitos indícios de aliens em cativeiro, mas é necessário que se procure bem por fontes confiáveis, pois esse tipo de informação ninguém consegue facilmente. Tem que se ter muita paciência e pesquisar muito.

O vídeo abaixo mostra um alien em cativeiro aqui no Brasil, que estaria em instalações bem pertinho; um pouco depois de Niterói, perto de Jurujuba. É uma instalação da Marinha e que, atualmente, não tem muita importância. Tinha, na época do Brasil Colônia de Portugal, pela sua situação estratégica perto da entrada da Baía de Guanabara.

O vídeo já foi bem analisado a procura de fraudes e, até agora, no meio de tanta desinformação e 3D, parece ser um vídeo realmente autentico.


terça-feira, 8 de setembro de 2009

A Voz do Momento

Nathan Pacheco, o cantor de "Unico amore" do CD Yanni Voices.


Nathan Pacheco (Nathan Armand Pacheco) se destaca no CD Voices de Yanni. Sua voz é expressiva, poderosa e apaixonada, no mínimo extradordinária! É o que a crítica está achando de sua participação cantando a canção UNICO AMORE, composição de Yanni e uma das faixas de seu último Cd VOICES.

É uma surpresa maravilhosa saber que Nathan Pacheco é brasileiro e neto do filósofo Armando Correia Pacheco. Estudou piano, violino e técnica vocal no Conservatorio de Cincinnati (Cincinnati Conservatory) e formou-se em música, em 2005, pela Universidade de Brigham Young (UTAH). Morou no Brasil de 1999 até 2001 onde teve contato com a nossa música, lançando em 2004, o CD "A bit of love", contendo sua composição "Princesa minha", além de
"Minha terra", "Exaltação" e "Boi bumbá", todas de Waldemar Henrique, "The girl from Ipanema' (Tom Jobim e Vinicius de Moraes, vrs. Norman Gimbel) e "Melodia sentimental" (Villa-Lobos e Dora Vasconcellos), além de temas de ópera, jazz e canções folclóricas.

Fez também algumas participações na Ópera de Lucca, na Itália, e em concertos realizados em Maryland, Virgínia, Carolina do Norte e Utah, nos Estados Unidos.


Para os que gostam dessa canção que acho linda, aqui vai a letra em italiano (dá para entender bem):

Unico Amore

La luce delle stelle scintilla sul mare illumina il mio amore e riposa
sulla scia che si posa su di te
La forza dell’alta marea mi spinge sulla tua spiaggia
E son prigioniero della tua bellezza, mi perdo affogando tra
le tue braccia come le onde si confondono nel mare
Io mi arrendo dentro te che sei il mio universo, il mio unico amore
Due occhi brillanti, profondi come il mare, incantano come sirene,
Hanno stregato il mio cuore e vuole solo te
Tu sei la mia splendida luna e illuminerai per sempre il mio mare
Son prigioniero della tua bellezza, mi perdo affogando tra
le tue braccia come le onde si confondono nel mare.
Io affondo dentro te: tu sei il mio universo, il mio unico amor’
Il mio unico amore
Il mio universo
Come le onde si confondono nel mare,
Io affondo dentro te; sei il mio universo
Io affondo dentro te, dentro te mio amor’