sábado, 28 de novembro de 2009

E antes do papel higiênico?

A importância do "quase sem importante" papel higiênico para a sociedade moderna.

Se as pessoas parassem para pensar, viriam como são importantes para o nosso dia a dia, pequenas coisas, quase imperceptíveis que nem passam pela nossa cabeça. Longe de ser uma preocupação, mas na verdade uma grande preciosidade tecnológica inventada pelo homem moderno, é o papel higiênico.

Os chineses no século VI foram os primeiros a usarem o papel higiênico, mas da forma como o conhecemos, em rolo e perfurado, só foi criado a partir do século XIX, pelo americano Seth Weeler. Antes disso, se usava quase de tudo para se limpar. Uma recente pesquisa listou as formas mais bizarras de fazer isso. E viva o papel higiênico!

1) LÃ - Não só os Vinkings, como classes mais abastadas, usavam lã para se limpar. Outras sociedades também usavam renda ou cânhamo.


2) CORDAS - O único recurso para os marinheiros em alto mar era se contentar com a aspereza das cordas usadas nas velas e no barco.


3) PEDRAS - Para os gregos, as formas lisas e redondas das pedras, chamadas pedras roladas e mais encontradas nos rios, eram perfeitas para esse objetivo. Além do mais eram encontradas em quase todos os lugares naquela região.


4) ESPONJAS E ÁGUA SALGADA - Os romanos eram mais preocupados com sua higiene e inventaram um jeito mais sofisticado como uma esponja presa a um pedaço de madeira. Depois colocavam a esponja suja de molho em um balde com água salgada.


5) ESPIGAS DE MILHO - Espigas de milho sem casca eram usadas como papel higiênico, inclusive pelos portugueses.


6) MACONHA - Os franceses usavam folhas de maconha para se limpar. Esquisito...


7) CASCAS DE COCO - Essa foi a escolha dos havaianos… muito confortável, né?


8 ) MUSGO - Os esquimós e outras sociedades usavam musgos que cresciam em abundância em suas regiões.


9) GRAVETOS - No Japão era comum usar gravetos de madeira.


Muitas sociedades orientais usavam, algumas ainda usam, a mão esquerda para se limpar depois de fazer as necessidades. Por isso tradicionalmente a mão esquerda não é usada para cumprimentos e apertos de mão. Aliás o uso da mão esquerda era sempre associado a coisas ruins, por isso até pouco tempo canhotos eram obrigados a escrever com a mão direita e estimulados a usarem a mão direita em suas tarefas.

Como sou canhota, sinto na pele como o mundo é feito, estruturado para a mão direita. No dia a dia, pequenos objetos (ex: abridor de latas) causam desconforto, até acidentes, ou dificultam tarefas porque são feitos para os destros. Mundo cruel :(

7 comentários:

Amanda disse...

Nunca tinha parado para pensar nisso!!! Cada coisa estranha que era usada como papel higienico!!!

wallper.lima disse...

Oi, achei super legal e interessante essa sua postagem, pois falamos sobre tudo, e não falamos do papel higiênico, por acha-lo não tão "importante"...adorei saber como as pessoas se viravam para fazer suas limpezas antes da sua invenção.
Palmas para o tão "fino e glorioso" papel higiênico e seu criador! Pois não sei o que seria de nós, sem ele, mas provavelmente teríamos logo alguma idéia...rsrsr...
Bjos.
Waleria.

Nela disse...

Hola es usted helena buscacio? la autora de casa de muñecas?
NELAPX

Nela disse...

bravooooo la he conseguido de nuevooo... que bien.... no entiendo por que su otro espacio cerro pero amaba leerle... por favor no se aleje de la web me encanta leer sus articulos...
nelapx

Cochise disse...

Hi, Helena!

How do you know all this stuff? You look like an encyclopedia, girl!

May Health, Peace and Love be your gifts at Christmas and your blessings all year through!
Have a joyful Christmas and a successful year 2010!


(((Hugs)))

S. Ramos disse...

É incrível como dispensamos o que consideramos "pequenos" mas que na verdade seriam um atraso de vida sem eles. É a vida...

anna john disse...

http://freeringtonesfree.mobi/classical-ringtones
http://freeringtonesfree.mobi/popular-ringtone
https://freeringtonesfree.mobi/hip-hop-ringtones